segunda-feira, 7 de março de 2016

WICKED: o musical


















Assisti com minha esposa, neste domingo dia 6 de março, no teatro Renault em São Paulo o espetacular musical "WICKED".

O musical da Broadway (2003) Wicked foi baseado em um livro de 1995 que re-conta a história do Mágico de OZ do ponto de vista das duas bruxas, a bruxa "boa", Glinda e a bruxa "má" Elphaba, de como elas eram amigas, mas devido às manipulações do Mágico de OZ, o povo se torna contra Elphaba ao estilo "A bela e a fera".  Mas esse é só o esqueleto da história.  As canções maravilhosas e espetaculares que mostram o nascimento da amizade das duas  fizeram todos aplaudir de pé. Isso sem dizer na famosa canção "Defying Gravity", uma das maiores canções de auto-afirmação já feitas.

Na versão original a cantora Idina Menzel como Elphaba foi tão arregaçante que a Disney colocou ela para ser e Elsa da animação Frozen. Não são poucas as similaridades entre Elphaba e Elsa e as canções "Defying Gravity" e "Let it Go".

A versão brasileira ficou excelente, aliás, como todas as adaptações brasileiras de animações da Disney e musicais da Broadway.


















As atrizes Fabi Bang e Myra Ruiz 

O teatro Renault, o mesmo que exibiu a  "Bela e a Fera" faz alguns anos é enorme, e logo de cara o palco detalhado com uma decoração steampunk impressiona. As músicas são carregadas de ironia e humor, a cada 2 minutos a platéia gargalhava com os trocadilhos dos personagens. Os efeitos de luzes e sombras são muito criativos, Mas NADA, nada mesmo te prepara para a famosa cena de "Desafiando a gravidade", a cena é GIGANTE. Adultos e crianças choraram baldes.

Se passaram mais de 24 horas e "Desafiando a gravidade" ainda está tocando na minha cabeça :)   Se você mora na Terra e não em OZ você deve assistir.


fan art juntando a Elsa e a Elphaba
 (http://mossmallow.deviantart.com/art/Wicked-x-Frozen-419402724)