quinta-feira, 14 de abril de 2016

Lista comentada de filmes animados da DC Comics




A Warner tem experimentado bastante com seus personagens da DC, ao mesmo tempo que deixa seus fãs felizes eles testam a popularidade de suas histórias em filmes longa metragens direto para o DVD. Quem ganha são os fãs que tem tido regularmente animações da DC.

Em 1989 tivemos o super bem sucedido filme do Batman do Tim Burton, que levou a batmania às alturas. O filme não era perfeito, mas tinha mais qualidades que defeitos, Agora, como diria o Coringa "Agora aguenta as consequências" ahaha. Uma das consequências foi a impecável séria animada do Batman do Bruce Timm.

E em 1993 tivemos esta pequena obra prima, o filme baseado no seriado animado. "A Máscara do Fantasma". Era para ser lançado direto em DVD, mas ficou tão bem feito que foi exibido nos cinemas.

A compositora Shirley Walker, que trabalhou com o compositor Danny Elfman na trilha do filme do Tim Burton fez a trilha do desenho, era como um tema de apoio do Batman do Danny Elfman, mas que depois da terceira temporada virou o tema principal.  Mas enfim, esta animação chegou a ser lançada inclusive nos cinemas.  Não era parte da nova série de filmes "direto pra vídeo".


O primeiro dessa série de filmes "direto para vídeo" foi a "Morte do Superman.

Depois do sucesso da "Liga da Justiça" a DC fez essa animação en 2007, baseada na HQ de 1992 "A Morte do Superman".

Esse não é o Superman do desenho da Liga, só faz alusão ao resto do universo DC, talvez pelo fato da animação ter elementos bem violentos. A luta entre os superseres tinha vários efeitos de som e ondas de choque, ficou muito bem feito.

Gostei muito da trilha sonora solene.


Depois tivemos a animação "A Nova Fronteira" em 2008.

A DC adora chafurdar em nostalgia, seus maiores representantes, Alex Ross, Geoph Johns e mais recentemente Darwyn Cooke, que fez sucesso com sua história da DC pré-Crise "A Nova Fronteira"

Inspirado por filmes que mostram a "caça as bruxas" nos anos 50,  que deixavam vizinhos contra vizinhos, denunciando qualquer comportamento estranho como "comunista", ele coloca essa realidade junto com os personagens da DC com ótimos resultados.












Depois tivemos "Gotham Knights", que foi lançado na onda dos filmes do Batman do Christopher Nolan. Foi a maneira do Bruce Timm mostrar todo o seu ciúme histérico ao ver o Batman sendo bem retratado nas telonas, hehehe.

Por exemplo, o filme "MATRIX" foi inovador em muitas coisas, como lançar um filme, animações e jogos amarrados firmemente numa mesma continuidade. "ANIMATRIX" foi o filme animado mostrando vários episódios dentro do filme, mostrando vários personagens e explicando detalhes, cada qual feito por um estúdio diferente.

"BATMAN GOTHAM KNIGHTS" foi algo semelhante, com vários episódios feito por estúdios diferentes expandindo o universo do Batman dos filmes do Nolan.






 Em 2009 tivemos o filme animado da "Mulher Maravilha", contando a história dela desde a ilha de Themyscira até a luta contra o Deus da Guerra ARES.  A história se baseia na origem do George Perez de 1987, após a Crise nas Infinitas Terras.

Também gostei muito desta animação, esta versão da Mulher Maravilha se assemelha bastante com a versão que ficou icônica no desenho da Liga da Justiça, mas com a grande diferença que esta não voa. A versão do George Perez voa, e a versão do desenho voa, mas como este filme quiz se ter semelhança com o seriado de TV, então ela anda a pé, ou à bordo do seu famoso avião invisíve.

Mais do que os outros, esta versão parece realmente um teste de como seria um filme live-action da nossa querida Diana Prince.






Em 2009 também tivemos um desenho longa metragem do "Lanterna Verde"  A estrutura do filme foi inspirada no filme "Dia de treinamento" na qual um policial corrupto (Sinestro) ensina um recruta novato (Hal Jordan) sobre os segredos da vida policial, só que no espaço.

A animação é competente, funcional, não muito memorável, mas abre caminho para a espetacular continuação "Cavaleiros Esmeralda", que é inspirada nas histórias do Alan Moore para a Tropa dos Lanternas Verdes, mostrando várias épocas diferentes e contos diferentes da Tropa.










"Superman/Batman: Inimigos Públicos" DVD de 2009

Essa história "massa véio" foi publicada nos quadrinhos Superman/Batman" de 2003. Escrita pelo Jeph Loeb e desenhada pelo Ed McGuiness.

Um meteoro vem em direção à Terra e Lex Luthor acusa o Superman de ser o causador. Então ele coloca a cabeça do Batman e Superman à prêmio então um monte de vilões e heróis vão caçá-los. É basicamente Batman/Superman vs o universo DC. hehehe É porradaria no nível de discussão de fanboys em uma comic-shop. É tão meta que chega a ser hilário e é impossível não sorrir.

A animação é bem fiel, só alguns elementos ficaram de fora.








Liga da Justiça: Crise em Duas Terras - DVD de 2010.

Em um universo alternativo, a Liga da Justiça é formada por vilões sombrias dos heróis, e é chamada de "Sindicato do Crime".

Essa história mostra a Liga enfrentando o Sindicato do Crime, realçando o OwlMan, o Homem Coruja, que mostra o quão perigoso seria se o Batman fosse um vilão. O niilismo do Homem Coruja chega a ser irritante, e quase convincente. Você fica torcendo para que ele morra o quanto antes e suma da tela







Batman Contra o Capuz Vermelho (2010)

Batman enfrenta um novo e violento vigilante, o Capuz Vermelho, que aparece em Gotham 5 anos depois que Jason Todd aparentemente morreu nas mãos do Coringa. Quem será o Capuz Vermelho?














Nesta continuação de "Batman/Superman:Inimigos Públicos" de 2009, a Supergirl (pós-Crise) chega de Krypton e encontra um Superman super protetor e um Batman super desconfiado.

Superman se transforma em saco de pancada em quem chegar perto dela, e isso inclui uma legião de Doomsdays, e o próprio Darkseid. Animação "massa véio" de primeira grandeza, e pra mim uma das melhores. 

Merece ser assistida com um litro de coca-cola e batata-frita. Realmente digna de aplausos. É um filme..FILME!







Grandes Astros Superman (2011)

A DC fez um experimento nas HQs lançando a linha "AllStar" na qual autores poderiam escrever o que quizerem com seus personagens favoritos, livre de continuidade.Grant Morrison iria escrever "Superman" e Frank Miller iria escrever "Batman".

O Superman All Star de Grant Morrison virou uma obra prima de proporções bíblicas enquanto que Batman All Star virou uma piada de proporções internéticas. (The GodDamn Batman)

"Superman All Star" merece estar na estante de todos os fãs de quadrinhos. É a capela Sistina dos quadrinhos. Mas esse calhamaço seria difícil de adaptar em desenho, mas a Warner tentou mesmo assim, com ótimos resultados, mesmo que seja só pouco mais da metade da história



Lanterna Verde: Cavaleiros Esmeralda (2011)

Outra excelente animação da DC, outro sonho impossível realizado.

Enquanto esperam na fila para recarregar seus anéis, Hal Jordan conta para a novata Arísia histórias dos antigos Lanternas Verdes.

Inspirados nas melhores histórias do Alan Moore. Conta com elenco de vozes gigantesco.

Destaque para MOGO, o planeta vivo, que depois voltaria na série em computação gráfica do Lanterna Verde.




"Batman Ano 1" (2011)

A DC não tinha certeza se você viu a MARTHA Wayne morrer, então fez mais um filme animado, desta vez baseado na HQ clássica de 1987, do Frank Miller.

Só para garantir que você viu a origem do Batman, ele filmou de novo em "GOTHAM" e fez tudo de novo em "Batman VS Superman".

Bom, e pensar que esse dinheiro poderia ter ido para um filme da "Liga da Justiça Internacional" ou qualquer outro personagem pouco aproveitado da DC...








"Liga da Justiça:A Legião do Mal" (2011)

Baseado na famosa história de Mark Waid, no qual um vilão se apropria dos planos de contingência que o Batman fez para derrotar a Liga da Justiça, se necessário. É o maldito Batman, hehehe

É uma espécie de continuação de "Crise de duas Terras" e "Justiça Jovem", com os mesmos desenhistas.

Ficou uma animação funcional, um tanto mecânica e não muito divertida.







Superman contra a ELITE (2011)

Essa HQ "Superman contra a ELITE" foi transformada em um filme animado da DC em 2011 , que foi de razoável a muito bom.

Ela usa recursos só disponíveis em desenho animado, como na introdução, que foi mostrado um Superman como nos anos 60, como se dizendo "o Superman é datado" mas no final, mostrando que não é. Que é importante ter símbolos fortes e inspiradores.

Esse é o filme que o ZACK SNYDER deveria ter assistido antes de dirigir "O Homem de Aço", pois não tem justificativa matar o Zod.

Muito bem interpretado, muito bem executado. Em suma, uma animação madura que mostra o quão longe a DC pode ir.


"Batman: O Cavaleiro das Trevas" (2012/2013)

Lançado em DVD em duas partes, essa é a versão animada da famosa HQ de Frank Miller de 1987. Com a voz do Robocop como Batman, e do vilão do Lost como Coringa essa é uma adaptação fiel
da HQ.

Mas infelizmente não tem a narração de pensamento do Batman e achei que fazia falta, pois o filme ficou com uma sessão de vazio imenso em várias cenas.

Preciosismos a parte, esse é um filme que chuta bundas, o sonho impossível de todo Batmaníaco, sério, o máximo que achamos que seria possível seria as homenagens na série animada do Batman
dos anos 90.

O produtor Bruce Timm derrubou o microfone depois dessa (por um tempo).



Superman sem limites (2013).

Superman enfrenta o Brainiac através da Galáxia. Esse eu não vi, mas meus amigos viram e me disseram que é MUITO BOM.

Acho que depois do Ultron gastar a fórmula de robozão controlando seus drones, acho que não veremos o Brainiac tão cedo nas telonas.

De qualquer forma, eu tenho a HQ que deu origem a essa animação e ela é ótima. O Superman que ela apresenta de alguma forma é o Superman dos primeiros filmes do Richard Donner, então a HQ tem uma aura cinematográfica muito forte. Tem um selo "oficial" nela que a torna mais importante que muitas.




Liga da Justiça - Ponto de ignição (2013)

Animação chocante focada no Barry Allen, que percebe que foi parar numa linha de tempo paralela aonde ele não tem poderes. Nessa linha do tempo, dá tudo errado e heróis se tornaram vilões violentos. Resta ao Barry buscar a ajuda do Batman, mas não o Batman que conhecemos, nesta realidade foi o Bruce que morreu e o Thomas Wayne se torna um Batman muito mais violento. Espetacular, impiedosa e traumatizante ao mesmo tempo.

É a DC reagindo desesperadamente ao sucesso da Marvel. Usando de mortes cruéis para tentar recuperar a relevância que ela nunca perdeu.

Mas não deixa de ser uma boa história, e é a base do EXCELENTE seriado live-action do Flash.



Liga da Justiça - Guerra (2013)

Filme baseado no famigerado reboot da DC, os novos 52.

Nesta linha de tempo, os heróis da Liga são substituídos por versões absurdamente menos inteligentes e bizarras que suas versões normais.

O Superman se tornou um troll irreconhecível. Diálogos que fazem o Michael Bay parecer o  Kenneth Branagh. Provavelmente é a origem do mundo Bizarro.

A DC esperneando não é algo bonito de se ver, principalmente depois das obras primas que ela nos deu ao longo dos anos quando ela estava CALMA e não desesperada com o sucesso dos filmes da Marvel.

Bom, foi até aqui que eu assisti.  Depois de me reagrupar eu assistirei aos filmes restantes.  :)