segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

O retorno de Arquivo X


Finalmente "Arquivo X" retornou com fúria,  em uma minissérie de 6 partes que traz os anos 90 junto consigo, e isso é bom.

É difícil falar de uma série importante como Arquivo X, sem correr o risco de jogar um muro de texto
pra cima de vocês mas vamos lá com nossa mini-retrospectiva.

"Arquivo X" (1993) foi uma das várias séries de ficção científica de qualidade que surgiram no rastro de "Jornada nas Estrelas: A Nova Geração" (1987-1994), mas no caso, os alienígenas não estavam no espaço sideral, mas estavam muito mais próximo, nas florestas e nas estradas a noite, assustando motoristas solitários.



Essa mistura de ficção científica com drama de procedimento policial bem real provou ser uma fórmula de sucesso. Toda a semana o público sintonizava para ver teorias da conspiração sendo discutidas na TV junto com uma generosa quantidade de cenas hmmm..melequentas.

Essa ousadia de mostrar efeitos especiais e de maquiagem mostrando autópsias sangrentas abriu caminho para dezenas de seriados de procedimento investigativo como "CSI", "Bones", "Cold Case" e outros.

Além do mais, o visual da série era muito característico, sempre filmado em dias nublados e cinzas, e isso influenciou toda uma geração de filmes de terror. Pena que essa centena de filmes de terror só trouxe os dias nublados e nada da qualidade da escrita do "Arquivo X"

Outra coisa interessante é que as tais "teorias da conspiração" já faziam parte das publicações da época, no começo dos anos 90, eu lembro que toda semana tinha novos livros e revistas e fascículos de "UFOS" nas bancas.  Fora que toda conversa de festa familiar sempre tinha o "tio" que sabia de todo tipo de conspiração, explicando que tal grupo é culpado de tal coisa que foi acobertada por tal governo e assim por diante.

O que "Arquivo X" fez foi trazer isso pras televisões de forma interessante, com sua mistura de 
"Projeto UFO" e o filme "O Silêncio dos Inocentes". Em tempo, outra influência a Arquivo X foi o seriado "Kolchak" (1974) na qual um repórter corria atrás de casos sobrenaturais ignorados pelas autoridades.

Mas uma outra ousadia de Arquivo X era alfinetar o(s) governo(s) com todo tipo de crítica, por detrás
do seu manto protetor. 

Enfim, o seriado fez um sucesso absurdo, o que fez o cauteloso criador da série Chris Carter tentar
criar outras séries na época, como "Millenium"(sobre um demonologista) e "Espaço: Acima e Além"(um Tropas Estelares genérico), mas infelizmente as duas não vingaram. Teve também um sobre realidade virtual, mas desse nem cheguei perto.

A série teve dois filmes de cinema, o empolgante "Combata o futuro"(1998) e o fraquíssimo "Eu quero acreditar"(2008).

A série também teve dois videogames bem produzidos, um pro Playstation 1, que era um festival de FMV (filminhos) e um de ação pro Playstation 2 (Resist or Serve).

Esse filme de 2008 foi o que fez os fãs pensarem que Arquivo X nunca mais iria retornar. Ufa, ainda bem que voltou, estávamos com saudades. :)