terça-feira, 4 de outubro de 2016

Falando sobre Mortadelo e Salaminho





















Nos anos 80, a biblioteca Ofélia França na Aclimação era a minha "Internet", sempre lia quadrinhos encadernados lá, entre Asterix, Tintin e um particularmente engraçado, que era MORTADELO E SALAMINHO.

MORTADELO E SALAMINHO era uma série de quadrinhos espanhóis, cortesia do desenhista Francisco Ibanêz, que mostrava dois agentes da TIA (Técnicos de Investigação Aeroterráquea), que ao mesmo tempo que era uma paródia da CIA era também trocadilho com UNCLE (tio), que era o nome de um seriado, os "Agentes da Shield" da época.

O humor era escrachadíssimo, inteligente e ultrajante. Eu devo ter retirado "Os Inventos do Doutor Bactério" da biblioteca uma dezena de vezes. A produção dessa HQ foi massiva. Tinha álbuns anuais e HQs mensais. Eu não faço idéia de quantas HQs tinham no total, mas é coisa que não acaba mais.

Em 2003, Mortadelo e Salaminho tiveram um filme com atores reais, eu lembro que ri  muito, mas é meio grotesco, e digamos ah...inassistível. Mas levando em conta que eles parodiam a burocracia e governos toscos, a crítica é bem merecida.


E em 2014 os personagens espanhóis "Mortadelo e Salaminho" ganham uma animação em 3d.




















Abaixo, a descrição do filme nos cinemas portugueses:

"Jimmy, o Malandro, e o seu grupo de malfeitores roubaram um documento ultra-secreto da sede da TIA (Técnicos de Investigação Aeroterráquea) que pode ridicularizar toda a equipa e fazê-la perder a credibilidade perante as outras agências de espionagem. É assim que o superintendente se vê obrigado a mobilizar os agentes Mortadela e Salamão. Para tornar tudo ainda mais catastrófico, o perigoso vilão Trinca Ossos escapou da cadeia decidido a vingar-se de Salamão, o grande responsável pela sua detenção. Determinados a encontrar Jimmy antes que seja demasiado tarde, Mortadela e Salamão vêem-se obrigados a formar equipa com Trinca Ossos. A ajudá-los terão a preciosa invenção do Professor Bactérico: a reverticina, um soro que transforma as pessoas no exacto oposto de si mesmas. O problema é que, se esta invenção funciona com Trinca Ossos, também pode resultar com todos os outros, inclusivamente… eles próprios. Com realização e argumento de Javier Fesser, uma comédia de animação que marca o regresso das divertidas personagens criadas, em 1958, pelo espanhol Francisco Ibáñez."