domingo, 25 de setembro de 2016

As naves de Jornada nas Estrelas


















Saudações amigos nerds!
Obrigado por acompanhar estes posts sobre "Star Trek", principalmente os amigos do GooglePlus.
Agora continuando com mais esse trecho da história nerd, aqui vou apresentar algumas das naves principais da Frota Estelar, o ano em que se passa na história da série  assim como seu ano de produção.

A série fala de humanos explorando a galáxia, formando uma Federação de Planetas, conseguindo aliados (Vulcanos, Betazóides, Andorianos) e inimigos (Klingons, Romulanos,Cardassianos, Borgs). Na história da série várias raças parecem bastante com humanos, isso foi explicado no episódio "The Chase"(A Caçada)  que os humanos e várias raças foram plantadas em vários planetas com um ancestral comum. Mas também várias raças completamente alienígenas aparecem, como formas de vida líquidas, gasosas, cristalinas, formas de vida completamente incompreensíveis que vivem fora do tempo e assim por diante.

A série tem vários flashbacks e flashforwards, indo do passado pro futuro e vice versa, com prelúdios e sequências, portanto não se assuste. Bem vindo à bordo!


Vamos começar do começo: a H.M.S.Enterprise foi um navio do século 16, trabalhando para a marinha real da Inglaterra até o início do século 18. Esse navio notável foi visto no sétimo filme  "Jornada nas Estrelas: Gerações" (Star Trek:Generations) de 1994 como uma simulação holográfica.




A "Enterprise"(OV-101) foi o primeiro ônibus espacial da NASA em 1976. Essa nave do século 20 aparece em "Jornada nas Estrelas: O Filme" (1978) na forma de uma pintura mostrando a história das naves "Enterprise"



A "Phoenix" foi mostrada no filme "Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato" de 1996, o oitavo filme da série. Na história do filme, que se passa em 2063 (século 21), é a primeira nave a atingir velocidade de dobra espacial 1 (warp) atraindo a atenção dos vizinhos vulcanos e permitindo o primeiro contato com uma raça alienígena. Foi criada pelo cientista Zefram Cochrane que construiu a nave reutilizando um míssil nuclear.



A "U.S.S. Franklin", registro NX-326,  foi uma nave do século 22, sem ano específico e primeira nave a atingir dobra espacial 4.Ela aparece no filme "Star Trek: Sem Fronteiras" (2016) e foi considerada como nave perdida em ação, até que foi resgatada pelo Capitão Kirk e utilizada para proteger a estação espacial "Yorktown".




A "U.S.S. Enterprise", registro NX-01, do ano 2151 (século 22) , era o protótipo do primeiro cruzador da Terra. Era a primeira nave a atingir dobra espacial 5.  Essa nave, capitaneada pelo Capitão Jonathan Archer foi a estrela do seriado "Jornada nas Estrelas: Enterprise" que durou quatro temporadas (2001-2005). Essa nave foi essencial para a formação da "Federação Unida de Planetas". A via láctea é como uma pizza dividida em quatro partes, quadrantes Alpha, Beta, Gama e Delta. Nós, humanos, por exemplo, estamos no quadrante Alpha.

A "U.S.S. Discovery", registro NCC-1031, é uma nave científica secreta cuja função é pesquisar um novo meio de propulsão baseada em esporos que vivem no subespaço. A nave se transforma numa nave de guerra assim que a guerra Federação-Klingon ameaça explodir em larga escala. Ela atuou mais ou menos 10 antes dos eventos vistos na série clássica.A nave é a estrela do seriado "Star Trek Discovery" que estreou em 2017.


A "U.S.S. Enterprise", registro NCC-1701, que trabalhou por 40 anos, de 2245 até 2285 (século 23), foi a estrela do primeiro seriado de Jornada nas Estrelas (a série clássica), que foi exibido de 1966 até 1969. Essa nave "Classe Constituição" foi capitaneada primeiro pelo Capitão Robert April (série animada), depois pelo Capitão Pike (episódo piloto) e depois pelo Capitão Kirk (série clássica). Sua missão é de "explorar estranhos mundos novos e ir aonde nenhum homem jamais esteve,"

A "U.S.S. Enterprise", registro NCC-1701, recebeu uma extensa reforma em 2271 durante os eventos de "Jornada nas Estrelas: O filme"(1978). Essa nave foi destruída nos eventos do filme "Jornada nas Estrelas III" e substituída por uma idêntica em "Jornada nas Estrelas IV", ganhando uma nova numeração. NCC-1701-A. Essa nave foi a estrela dos filmes de cinema, de 1978 até 1991, sendo aposentada em "Jornada nas Estrelas VI: A Terra Desconhecida".

A "U.S.S. Enterprise", registro NCC-1701-B foi lançada em 2293 durante os eventos do filme "Jornada nas Estrelas: Gerações"(o sétimo filme de cinema). Era uma nave classe Excelsior (que apareceu primeiro em "Jornada nas Estrelas III". A nave era comandada pelo Capitão Johh Harriman. O Capitão Kirk aposentado foi convidado para participar de seu vôo de estréia, mas quando a nave encontrou uma estranha tempestade de energia, ele foi levado para a dimensão "Nexus" e dado como morto.

A "U.S.S. Enterprise", registro NCC-1701-C, foi uma nave do século 24 comandada pela capitã Rachel Garret. No ano de 2344. a capitã Rachel responder ao chamado de socorro de uma estação Klingon, antigos inimigos da Federação, de um ataque romulano (outros inimigos da Federação). Os Klingons ficaram impressionados pelo ato  sacrifício da  Capitã Rachel e uma aliança duradoura foi estabelecida entre a Federação é o Império Klingon. Esses eventos foram contados no serado "Jornada nas Estrelas: A Nova Geração".

A "U.S.S. Enterprise", registro NCC-1701-D, foi uma nave do século 24 comandada pelo Capitão Jean Luc Picard e foi a estrela do seriado "Jornada nas Estrelas: A Nova Geração" (1987-1994). A luxuosa nave tinha 600 metros de comprimento (as anteriores tinham 300). As naves anteriores podiam levar 400 passageiros. A enterprise D podia levar 5000 passageiros por 30 anos ininterruptos. Enquanto que a Enterprise original tinha uma missão de 5 anos de exploração, a Enterprise D tinha uma missão de paz e exploração contínua. 


A "U.S.S. Enterprise", registro NCC-1701-E, foi uma nave do século 24 comandada pelo Capitão Jean Luc Picard.  Após a destruição da Enterprise D, no filme "Jornada nas Estrelas: Gerações"(1994),  a Enterprise E foi construída como uma nave preparada para a guerra, por exemplo, lutar contra os terríveis BORGS,  invasores do quadrante Delta. Essa nave foi a estrela dos filmes "Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato"(1996), "Jornada nasa Estrelas: Insurreição"(1998) e "Jornada nas Estrelas:Nemesis"(2002).

A estação espacial "Deep Space Nine" foi a estrela do seriado "Star Trek: Deep Space Nine" exibida no Brasil como "Jornada nas Estrelas: A Nova Missão" (1993-1999). A estação era uma base inimiga, da raça dos cardassianos, que foi ocupada pela Federação quando estes foram embora, depois de explorar o planeta Bajor por muitos anos. O Comandante Sisko foi encarregado de tomar conta da estação e resolver seus mistérios, entre eles um portal que leva ao outro lado da galáxia, o quadrante Gama. 


A "U.S.S.Voyager", designação NCC 74656, foi uma nave do século 24 comandada pela Capitã Kathryn Janeway e foi a estrela do seriado "Jornada nas Estrelas: Voyager" (1995-2001). Durante uma missão para capturar sabotadores Maquis, a nave foi teleportada para o meio do quadrante Delta, no meio do vespeiro Borg, a 70 anos de viagem de volta para casa. Sozinha e sem recursos, a Capitã Janeway fica divida entre ajudar sua tripulação inútil ao mesmo tempo que quer parar para ajudar todos os coitados que ela encontra no caminho.

A "U.S.S.Enterprise" foi uma nave do século 23 em uma linha do tempo bifurcada. No século 24, no ano de 2387, oito anos após os eventos do filme "Jornada nas Estrelas: Nemesis"(2002), a estrela Hobus, do Império Romulano, entra em supernova repentina. Spock foi enviado para salvar a estrela usando uma substância chamada "matéria vermelha". Spock chegou tarde, a estrela explodiu assim como o planeta Romulus e tanto sua nave quanto a de Nero, um capitão de nave mineradora  foram enviados ao passado de volta ao século 23, criando uma linha de tempo alternada mostrada no filme "Star Trek" de 2009.


Atualização: Segue a ordem cronológica da produção dos filmes e das séries:


Séries de televisão: 
Jornada nas Estrelas (1966) 
Jornada nas Estrelas – A Nova Geração (1987) 
Jornada nas Estrelas – Deep Space Nine (1993) 
Jornada nas Estrelas – Voyager (1995) 
Jornada nas Estrelas – Enterprise (2001)
Jornada nas Estrelas - Discovery (2017)

Cinema: 
Jornada nas Estrelas – O Filme (1979) 
Jornada nas Estrelas II – A Ira de Khan (1982) 
Jornada nas Estrelas III: À Procura de Spock (1984) 
Jornada nas Estrelas IV – A Volta para Casa (1986) 
Jornada nas Estrelas V: A Última Fronteira (1989) 
Jornada nas Estrelas VI A Terra Desconhecida (1991) 
Jornada nas Estrelas: Gerações (1994) 
Jornada nas Estrelas – Primeiro Contato (1996) 
Jornada nas Estrelas – Insurreição (1998) 
Jornada nas Estrelas: Nêmesis (2002) 
Star Trek (2009) 
Star Trek: Além da Escuridão (2013)
Star Trek: Sem Fronteiras (2016)