sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Sobre os quadrinhos de "Jornada nas Estrelas" por John Byrne




"Jornada nas Estrelas" sempre teve presença nos quadrinhos. Nos anos 60 e 70 existiam os quadrinhos publicados pela Gold Key, depois pela Marvel, depois pela DC e depois de volta a Marvel. 

Mas o célebre John Byrne foi o que mais incorporou elementos da série nos quadrinhos. Uma cena que me recordo é da minissérie "O Homem Aço" de 1987, o reboot do Super-homem. No final, o Batman pensa consigo mesmo: "Um homem admirável. Tudo considerado, quem sabe, em alguma outra realidade, eu poderia ter chamado ele de "meu amigo",


Essa cena remete à epoca pré "Crise nas Infinitas Terras", mas também é uma referência ao episódio "Equilíbrio do Terror" de Jornada nas Estrelas. A nave Enterprise enfrenta uma nave Romulana inimiga à distância. E o Capitão Kirk conseguia pensar exatamente como o adversário, que no final no episódio ele manda uma mensagem ao Capitão Kirk: "...quem sabe, em alguma outra realidade, eu poderia tê-lo chamado  de "meu amigo",


Tamanha era a admiração de John Byrne por Star Trek e Jack Kirby, que eu diria que todo o período que ele desenhou o Quarteto Fantástico foi uma grande homenagem a Star Trek, pois eles fizeram literalmente isso: "Explorar novos mundos, audaciosamente aonde nenhum homem jamais esteve."


Nos anos 2000 e tantos, o Byrne decidiu desenhar diretamente Star Trek para a editora IDW. Ele desenhou uma série baseada nos Romulanos, costumeiros vilões da Federação, outra dedicada ao Dr.McCoy e outra destinada a "Missão Terra", um casal de espiões extra-terrestres que quase ganharam série própria derivada em Star Trek. Então, eles ganharam uma série, nos quadrinhos, décadas depois.


Mas recentemente, o célebre artista decidiu fazer algo controverso: FOTONOVELAS!  Ao recortar cenas de episódios diversos para montar novas histórias a reação não foi unânime, de fato, foi menos que entusiástica, pois embora houvesse um nicho para fotonovelas nos anos 70, o mesmo não ocorre agora. Os fãs massacraram o título impiedosamente. Se eu visse ao vivo, bom, provalmente eu iria comprar de qualquer jeito. :)