domingo, 1 de maio de 2016

Heróis japoneses na TV brasileira


Agora vamos recordar alguns live action japoneses, e pelo que sei o primeiro herói live-action japonês que passou na TV Bandeirantes foi o "National Kid" de 1961.

Meu professor de português gostava de falar sobre os vilões, os "Incas Venusianos".

O Superman japonês abriu a porta para muitos super-heróis que viriam depois.




Em 1973 tivemos na antiga TV Tupi o seriado Vingadores do Espaço Maguma Taishi (1966), outro precursos no estilo. Dessa série eu só tenho vagas lembranças, não posso opinar, eheh mas deve ter sido..fenomenal. Posso dizer que já vi várias miniaturas desse robô dourado nas lojas nerds do centro de São Paulo nos anos 90.


Na mesma época, tivamos o seriado de 1967, "Robô Gigante" Jaianto Robo, que já tinha uma produção generosa. Essa série também foi muito lembrada e teve várias continuações em desenho animado nos anos 90 e 2000.


O sofrido e deprimente SPECTREMAN (1971) era um enigma. Os tortuosos episódios falavam sobre a poluição, e o herói sempre enfrentava um monstro saído do lixo.  Foi o primeiro super-herói ecológico que conheci.  A música tema era inesquecível e virou moda entre os hippies brasileiros com guitarras que adoravam cantar "Spectremaaaannn"


Também na Bandeirantes nos anos 80, tivemos o icônico Ultraman (1966). Que tomava uns tapinhas do monstro e ficava sofrendo com a luzinha piscando, daí vinha o Esquadrão Ultra, que distraia o monstro até ele se recuperar e salvar o dia.


O Esquadrão Ultra, o grupo que ajudava o Ultraman,  era o que mais trabalhava no Japão. Eles preparavam o meio de campo, o Ultraman só aparecia para ganhar medalha, se fingia de contundido fazendo a sua luzinha piscante aparecer e fazia drama, mas era o Esquadrão Ultra que fazia tudo acontecer.


Depois, lembro que assistia Ultraseven, que eu nos meus sete anos achava bem mais legal que o Ultraman pois ele podia jogar essa lâmina que ele tinha na cabeça em um super golpe cortante


Já o Jaspion (Juspion 1985) estreou, e levou toda uma geração às academias de artes marciais para aprender Karatê e Kung-fu.  Shows de dublês enchiam os circos que ficavam cheios de crianças. 

Uma geração inteira cantou: "O cara tossiu...o cara tossiu..o canalha lá no alto ..que útil..."


E também, o Esquadrão Relâmpago Changeman. (Dengeki Sentai Changeman), (1985) precursor dos grupos de cinco, os Super Sentai, o patrono dos Tokusatsu  "Ohh YES..Colorir é lutar até cairrrr"


Flash....Flash..FlashhMAAAANNNNN


Também tivemos o ótimo metal hero JIRAYA, o Incível Ninja


As meninas tinham a PATRINE (1990). :)  que era uma magical girl estilo Sailor Moon


Eu nunca cheguei a ver LION MAN, mas um canal desenterrou o Lion Man (1973) para ser exibido no Brasil nos anos 90.


Tivemos também o JIBAN - O Robocop japonês (1989)


E daí eu tive que começar a trabalhar e não tinha mais tempo de assistir TV.  Realmente não assisti a versão americana "Power Rangers" e realmente não me interessou.  Mas guardo como um tesouro os DVDs do Jaspion e dos Changeman que lançaram aqui no Brasil. 

Esta foi uma lista informal, mas se quizer ver uma lista bem organizada, confiram o site  http://www.infantv.com.br/